29 de Junho de 2011

CXCIII - Aceitar as Irritações Cotidianas

Não podemos trapacear nossa atual experiência de vida; não podemos trapacear nossas experiências ou mudá-las, tendo alguma crença irreal de que tudo ficará bem, que no final tudo será bonito.

Se usarmos essa abordagem, então as coisas não ficarão OK. Exatamente devido ao fato de que esperamos que as coisas sejam boas e bonitas, elas não serão.

Em uma abordagem genuína à espiritualidade, não procuramos por estímulo, inspiração ou êxtase. Em vez disso, trabalhamos duro com as irritações da vida, trabalhamos e fazemos delas um lar.

Então as irritações se tornam uma fonte de grande alegria, alegria transcendental, porque não há realmente nenhuma dor envolvida.

Chogyam Trungpa

2 Comments:

Blogger Miguel Gomes said...

Mas que é difícil, é :)

quarta-feira, Junho 29, 2011 1:20:00 da tarde  
Blogger pasta7 said...

Miguel, se é!
Grande Abraço.

quinta-feira, Junho 30, 2011 2:23:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home